Seminário aborda inovações, desenvolvimento e seus desafios para sustentabilidade da floresta amazônica

Seminário aborda inovações, desenvolvimento e seus desafios para sustentabilidade da floresta amazônica

Tecnologias, políticas e aplicações são temas de evento promovido pela Rioterra.

O IV Seminário Perspectivas Florestais para Conservação da Amazônia, promovido pelo Centro de Estudos (CES) Rioterra como parte do projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental, será realizado entre os dias 7 a 9 de junho, em Porto Velho. “O evento representa uma oportunidade para pensarmos Rondônia, sobre o futuro de nossas florestas, conhecer oportunidades de mercado, discutir políticas públicas voltadas à conservação e as aprender sobre iniciativas socioambientais desenvolvidas na região”, comentou o coordenador de Projetos da Rioterra, Alexis Bastos.
No dia 7 de junho, representante do Fundo Brasileiro para Biodiversidade – Funbio/Ever Green/RJ falará sobre oportunidades dos mercados de recuperação de áreas.
Dia 8 de junho, o Programa de Recuperação Ambiental (PRA) da Amazônia, e sua visão em âmbito regional, será tema do representante da Agência de Cooperação Alemã (GIZ). Em âmbito estadual, o PRA também será apresentado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam/RO). A empresa Biofílica, sediada em São Paulo, fará apresentação sobre novos mercados florestais, espacialmente REDD+ e Cotas de Reservas Ambientais – CRA. Em seguida, o representante da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Alta Floresta/MT apresentará o programa de pagamento por serviços ambientais em bacias hidrográficas realizado no Mato Grosso. Duas palestras apresentarão resultados de trabalhos voltados para a recuperação de áreas realizados em Rondônia. O CES Rioterra abordará estocagem de carbono em áreas recuperadas e a Associação Ecológica Guaporé (Ecoporé) falará sobre a atuação de agricultores familiares como agentes de conservação.
No dia 9 de junho,.o Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora/SP), falará sobre a consolidação de áreas protegidas como indutoras de desenvolvimento local sustentável. A Operação Amazônia Nativa (OPAN/MT), Associação Pacto das Águas (MT) e a Cooperativa de Agricultores do Vale do Amanhecer (Coopavam/MT) falarão sobre a importância das terras indígenas para a gestão territorial na Amazônia; desafios das cadeias produtivas e a cadeia produtiva da castanha do Brasil, respectivamente. E no fechamento do evento, representante do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apresentará as novidades sobre monitoramento da cobertura vegetal para a Amazônia.
Mais de cem pessoas – acadêmicos, professores e técnicos – já se inscreveram para o evento. As inscrições estão encerradas, mas ainda há possibilidade de incluir novos participantes a partir de desistências. Confira a programação completa do seminário no site: semeandosustentabilidade.org.br  
 

3
Rioterra abre inscrições para seminário “Perspectivas Florestais para Conservação da Amazônia”

Rioterra abre inscrições para seminário “Perspectivas Florestais para Conservação da Amazônia”

 

Evento vai reunir em Porto Velho representantes de 12 entidades que atuam na vanguarda da pesquisa, desenvolvimento tecnológico e implementação de políticas socioambientais na região amazônica.

O Centro de Estudos Rioterra abriu essa semana as inscrições para o “IV Seminário Perspectivas Florestais para Conservação da Amazônia – Tecnologias, Políticas e Aplicações”, que será realizado de 7 a 9 de junho, no auditório da UNIR/Centro, em Porto Velho. As inscrições para o seminário são gratuitas e podem ser feitas a partir do dia 5 de maio pelos sites www.semeandosustentabilidade.org.br e www.rioterra.org.br até o dia 15 de maio. As vagas são limitadas. O seminário é das ações do projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental e conta com o apoio da Universidade Federal de Rondônia – UNIR.

“Sempre buscamos trazer para nossas discussões instituições e pesquisadores que estão atuando sobre temas relevantes para a região. Nesta edição, conforme o tema, haverá uma grande diversidade de assuntos e olhares, pois teremos representantes de vários Estados cujo trabalho tem repercutido positivamente para conservação da floresta. Será uma oportunidade para técnicos e universitários ligados a área socioambiental conhecer e debater sobre ações inovadoras”, explica o coordenador de programas do CES Rioterra, Alexis Bastos.

Durante o seminário, estão programadas discussões sobre recuperação de áreas e oportunidades de mercado; implementação de políticas como o Programa de Regularização Ambiental –PRA na Amazônia, especialmente em Rondônia; pagamento por serviços ambientais (PSA) e o estado da arte dos mercados; mudanças climáticas e estocagem de carbono em áreas recuperadas; monitoramento da cobertura vegetal, onde serão apresentadas as últimas novidades desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE); cadeias produtivas e o papel dos povos tradicionais, indígenas e agricultores familiares na conservação.

As vagas são limitadas. Não perca a oportunidade. Participe!!!!

 

Clique aqui para se inscrever

0