CES Rioterra promove curso de “Meio Ambiente e Saúde”.

CES Rioterra promove curso de “Meio Ambiente e Saúde”.

saudeO Centro de Estudos Rioterra está promovendo essa semana o curso “Meio Ambiente e Saúde” para famílias de produtores rurais do município de Cujubim. A  ação é do Projeto Semeando Sustentabilidade patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental e acontece de 18 à 20 de março na Escola Municipal Teotônio Brandão Vilela, situada na Rodovia 205.

O curso teve início na manhã de terça-feira (18/03) com uma palestra sobre as doenças chamadas de Hiperdias: diabetes, hipertensão e colesterol, teste de glicemia, aferição de pressão e distribuição de preservativos.

“A adesão ao curso no primeiro dia foi muito boa. Todos compareceram para fazer os testes e aprender um pouco mais sobre como cuidar da saúde. Os temas escolhidos para esse curso foram um pedido dos próprios produtores rurais. Agora, esperamos que eles apreciem todas as palestras do curso e que esses conhecimentos adquiridos tragam resultado para a vida deles”, destacou  Débora Filgueiras, educadora ambiental do CES Rioterra.

No segundo dia de curso está prevista a participação do dentista José Odimar Batista Souza. Ele fará palestra sobre patologias bucais, demonstração de escovação e aplicação de flúor em todos os participantes e crianças que estudam na escola.

Na quinta-feira (20/04), última dia de atividades do curso, Janaína Danielle Alves, do Setor de Educação do CES Rioterra, fará duas palestras: sobre Verminoses e Nutrição. Segundo ela, as verminoses são um problema comum em áreas rurais. A contaminação é por água, solo e alimentos e estão ligadas às condições sanitárias, que  geralmente são precárias em áreas rurais.

“É muito importante orientar as pessoas sobre como se prevenir das verminoses. Há atitudes simples, como cuidar da água utilizada para beber e cozinhar e sempre lavar muito bem as mãos e os alimentos. Quanto à questão nutricional, farei uma palestra geral destacando principalmente os cuidados alimentares das crianças para crescerem saudáveis”, completou Janaína Alves.

0