RIOTERRA PRESIDE MESA NO XXV CONGRESSO BRASILEIRO DE CARTOGRAFIA

foto_estudo

Foi apresentado em Curitiba, no XXV Congresso Brasileiro de Cartografia – III Congresso Brasileiro de Geoprocessamento – I Congresso Brasileiro de Geointeligência promovido pela Sociedade Brasileira de Cartografia, Geodésia, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto o trabalho sobre estudo da vulnerabilidade natural à erosão como subsídio a recuperação de áreas degradadas na região do entorno da Floresta Nacional do Jamari desenvolvido pelo Centro de Estudos Rioterra no Projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental.

A geógrafa Fabiana B. Gomes, coordenadora de geotecnologia do Centro de Estudos Rioterra falou sobre a importância de integrar trabalhos de geoprocessamento, associando-os as atividades de campo e laboratório. Dessa forma sua contribuição poderá ser maior, uma vez as chances de erros são diminuídas e os instrumentos cartográficos como mapas temáticos de geologia, geomorfologia, pedologia (solo), vegetação, clima e antropização tornam-se ferramentas de planejamento para ordenamento territorial extremamente úteis. Fabiana também apresentou como os modelos numéricos de terreno, no caso o mapa de vulnerabilidade natural a erosão da região da Flona e seu entorno foi utilizado no processo de seleção das áreas para implantação dos experimentos de recuperação de matas ciliares do projeto.

Fabiana disse ainda que o trabalho foi parabenizado pelos presentes por mostrar a importância de estudos prévios para o planejamento das ações e pela aplicação dessas ferramentas.

Fabiana B. Gomes do Centro de Estudos RIOTERRA foi convidada a presidir a Sessão Técnica Oral do dia 24 de agosto. O artigo encontra-se publicado nos ANAIS do congresso e no site www.semeandosustentabilidade.org

0

Comunidade Define Projeto Político Pedagógico para o Viveiro de Itapuã

comunidade_define_projeto

Durante o seminário “O Viveiro em Nossas Mãos”, realizado no dia 16 de setembro de 2011, em Itapuã do Oeste, a comunidade consolidou o Projeto Político Pedagógico (PPP) para gestão do Viveiro Municipal. Os participantes debateram metas para que a estrutura torna-se auto-sustentável, como dar continuidade ao trabalho de produção de mudas e como fortalecer o local para que torne-se uma referência não apenas na produção de mudas, mas como um viveiro educador. O seminário foi mais uma ação do Projeto Semeando Sustentabilidade, realizado pelo Centro de Estudos Rioterra, com patrocínio da Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental.

Entre os participantes estavam professores, estudantes, produtores rurais, lideranças comunitárias, gestores públicos e técnicos do poder público municipal de Cujubim e de Itapuã do Oeste.

Para construir o Projeto Político Pedagógico, os participantes foram divididos em três grupos para discutirem os temas: dimensão socioeducativo e cultural, dimensão socioambiental e econômica e a dimensão da gestão organizacional e institucional.

Durante o seminário foram elaborados os princípios e valores que orientarão as práticas do Viveiro Municipal, definidas as linhas de ações e as formas de monitoramento das atividades. A composição do PPP assegura que as múltiplas visões da sociedade quanto ao futuro do viveiro sejam respeitadas.

0

RIOTERRA E UNIR FORMALIZAM PARCERIA PARA PROGRAMAS DE EXTENSÃO

rioterra08082011

Aconteceu entre os dias 4 e 6 de agosto, no município de Itapuã do Oeste/RO, o primeiro curso de extensão ministrado em parceria entre a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão, pelo Mestrado em Geografia e o Centro de Estudos Rioterra, que teve como tema “Manejo de Bacias Hidrográficas”.

O curso abordou aspectos conceituais e de caracterização de bacias hidrográficas; tratou de assuntos ligados as bacias como unidades de planejamento e questões relativas a gestão social, econômica e ambiental dos recursos hídricos.

O objetivo das ações é proporcionar a técnicos e estudantes universitários que residem em áreas onde não há campus universitário, atividades formativas em diferentes segmentos como gestão territorial, desenvolvimento socioeconômico e cultural.

“Essa é uma importante conquista, tanto para a instituição como para os atores com os quais trabalhamos”, destaca Alessandra Martins, coordenadora de Educação do Centro de Estudos Rioterra. “Agora, os cursos ministrados por nós passam a ter o reconhecimento do Ministério da Educação. Isso os tornam mais atrativos e representativos socialmente”.

O curso foi mais uma das atividades previstas para melhorar aspectos de conservação no entorno da Floresta Nacional do Jamari proporcionado pelo projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental.

0

Petrobras lança seleção pública para projetos de esporte educacional

A Petrobras lança nesta segunda-feira (1º/08), às 10h, a Seleção Pública 2011 do Programa Petrobras Esporte & Cidadania. Por meio de processo seletivo, a Companhia vai investir R$ 30 milhões, no período de dois anos, em projetos em todo o país voltados ao desenvolvimento de crianças e adolescentes por meio do esporte, alinhados aos princípios de inclusão, educação integral e cidadania. O evento contará com a presença do ministro do Esporte, Orlando Silva, do diretor de Serviços e presidente em exercício da Petrobras, Renato de Souza Duque, e do gerente executivo da Comunicação Institucional, Wilson Santarosa. Em seguida, será realizada entrevista coletiva com representantes do Ministério do Esporte e da Petrobras.

Serviço:
Evento: Programa Petrobras Esporte & Cidadania 2011
Data: 1º de agosto de 2011
Horário: a partir das 10h
Local: Salão Nobre – 24º andar do Edifício-Sede da Petrobras (Av. República do Chile, nº 65 – Centro – Rio de Janeiro)
Coletiva de imprensa: Logo após o evento, na Sala de Imprensa – 1º andar do Edifício-Sede da Petrobras (Av. República do Chile, nº 65 – Centro – Rio de Janeiro)

Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional
Telefone: 55 (21) 3224-1306 e 3224-2312
Plantão: 55 (21) 9921-1048 e 9985-9623
Fax: 55 (21) 3224-3251
imprensa@petrobras.com.br

0