Encontro com Professores de Itapuã do Oeste Fomenta a Construção do Projeto Político Pedagógico do Viveiro Municipal.

encontro_professores

Ocorreu no dia 17 de setembro de 2010, no Viveiro Municipal de Itapuã do Oeste o I Encontro “Viveiro Municipal, Educação e Cidadania”. A reunião contou com a participação de 15 professores das Escolas Municipais Dr. Custódio, Sossego da Mamãe e Pequeno Príncipe e da Escola Estadual Paulo Freire. O Encontro faz parte das atividades do Projeto “Semeando Sustentabilidade”, patrocinado pela Petrobrás, através do Programa Petrobrás Ambiental.

O objetivo da ação é fortalecer e qualificar a interação entre professores e o Viveiro Municipal como espaço de educação, participação e cidadania, contribuindo assim, com a construção coletiva do Projeto Política Pedagógico.

Na programação, os professores tiveram a oportunidade de interagir com profissionais de diferentes áreas do conhecimento da Rioterra por meio de três exposições temáticas: “O Viveiro Municipal como Espaço Educativo”, com Emanuel Meirelles e Alessandra Martins, Coordenadores da Educação; “A Cartografia como Ferramenta Educativa”, com Fabiana B. Gomes, Coordenadora de Geoprocessamento; e “O Viveiro Municipal e as Perspectivas de Interação com a Comunidade”, facilitado por Giulianno Less, Coordenador da Recuperação de Áreas Degradadas.

O momento, organizado pela equipe de Educação do “Projeto Semeando Sustentabilidade”, teve como resultado a interação e a capacitação dos professores e gestores das Escolas Municipais e Estaduais de Itapuã do Oeste na elaboração do Projeto Político Pedagógico do Viveiro Municipal a partir de suas práticas educativas.

Na ocasião, foram entregues os mapas temáticos de vegetação, solos, hidrografia e o mapa de localização para os professores e gestores das escolas presentes.

Outras atividades estão previstas para os próximos meses. Acompanhe nossa agenda e participe.

0

Em Itapuã do Oeste o Dia da Árvore não passou despercebido

No dia 21 de setembro é comemorado o Dia da Árvore, e no Município de Itapuã do Oeste a comemoração foi antecipada para o dia 20, com uma solenidade com os alunos do ensino fundamental e com o Secretário do Meio Ambiente do município Ibraim Coelho Júnior e o Coordenador de Educação do Centro de Estudos RIOTERRA, Emanuel Meirelles.

O evento aconteceu na Escola Dr. Custódio com toda comunidade escolar juntamente com os professores e faz parte das ações desenvolvidas pelo Projeto “Semeando Sustentabilidade”, patrocinado pela Petrobrás, por meio do Programa Petrobrás Ambiental.
nova_imagem_(3)

Na ocasião, o educador Emanuel falou sobre a importância das árvores como fonte de abrigo para as pessoas e os animais, embelezamento natural, além da preservação ambiental e a qualidade do ar que respiramos.

Júnior enfatizou a importância da data e destacou que as árvores são fonte de vida e sem elas seria impossível a reprodução dos ecossistemas e da biodiversidade. Essa data é tão especial que existe um dia específico em sua comemoração, declarou Júnior.

Os alunos tiraram todas as suas dúvidas com relação ao plantio e conservação das árvores, além de se conscientizarem de sua importância ao meio ambiente.
Emanuel pediu aos alunos para ajudar no cuidado com as árvores, já que agora sabem da grandeza e de sua importância.

Os alunos declamaram poesia referente ao Dia da Árvore e foram orientados com plantios de mudas de árvores aos arredores da escola, em seguida cada aluno se encarregou de zelar por elas.

Geize Fernandes.
Foto: Simone Carla

“Esse texto foi produzidos por alunos do curso de comunicação do projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental”

0

Plantio de mudas nas comemorações do Dia da Árvore em escola de Itapuã do Oeste

release_0014

O Projeto “Semeando Sustentabilidade”, patrocinado pela Petrobrás, através do Programa Petrobrás Ambiental, realizou no dia 20 de setembro uma atividade em comemoração ao Dia da Árvore, que envolveu professores, alunos, viveiristas e os profissionais do projeto em parceria com Equipe Pedagógica da Escola Municipal Dr. Custódio e o apoio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte – SEMECE e da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Pesca e Meio Ambiente – SEMAPEM da Prefeitura Municipal de Itapuã do Oeste.

Essa atividade faz parte de um conjunto de ações de sensibilização e intercâmbio de experiências entre os educadores do Projeto “Semeando Sustentabilidade” e os profissionais da educação, estudantes, gestores, organizações sociais e a comunidade, com o objetivo de contribuir com idéias, práticas e experiências educativas e sociais para a formação de uma consciência ambiental pautada em sustentabilidade e cidadania.

Durante o evento, que ocorreu na Escola Dr. Custódio com os alunos e professores no período da manhã e tarde, houve um momento cívico, com a audição dos Hinos Nacional, Estadual e Municipal, seguido de breves palestras sobre a importância da árvore, apresentações de poesias e teatro pelos alunos e professores, além de orientações para os devidos cuidados com as plantas. No encerramento houve o plantio na escola e entrega de mudas aos estudantes.

A diretora da EMEF Dr. Custódio Laurides Carvalho de S. Lima avalia esse momento como muito positivo, “O casamento entre a EMEF Dr. Custódio e a Rioterra através do Projeto “Semeando Sustentabilidade” não tem mais volta, daqui por diante temos muito a construir em parceria com todos os profissionais envolvidos no projeto. Avalio essa ação de comemoração do Dia da Árvore como muito salutar e proveitosa para todos por estarmos criando uma consciência de cidadania ambiental em nossas crianças e jovens”.

0

Rioterra inicia trabalhos de recuperação de áreas

cadastramento_net

Já estão sendo avaliadas as propriedades cadastradas para o Projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Ambiental. Na primeira fase aconteceu o cadastramento voluntário de propriedades que totalizaram mais de 200 hectares de áreas de preservação permanente e que desejam recuperá-las.

A próxima etapa consiste em selecionar 36 hectares, para a implantação de experimentos, orientados de acordo com as tipologias de solos existentes no entorno da Floresta Nacional (Flona) do Jamari. Os trabalhos de recuperação iniciam no mês de outubro. Técnicos do Centro de Estudos Rioterra estão fazendo visitas e avaliando as condições de cada propriedade. A meta é promover o fortalecimento de conservação da biodiversidade e melhoria à resistência das microbacias do entorno da Flona do Jamari.

As mudas e sementes necessárias aos serviços de recuperação de áreas estão sendo produzidas pelo Viveiro Municipal de Itapuã do Oeste, ampliado pelo projeto para esse fim e para fornecer mudas gratuitamente para os agricultores familiares da região.

Em Itapuã do Oeste as áreas cadastradas estão principalmente na linha 618, próximas aos rios Jatuarana e General Carneiro. Em Cujubim, as propriedades que foram inscritas estão nas linhas B-86, B-90 e nascentes do rio Azul.

O coordenador geral do Projeto, Alexis Bastos disse que o cadastramento voluntário ainda pode ser feito. “Faremos um banco de áreas que possa ser acessado por outras instituições e os projetos semelhantes”, explicou.

Se você tem interesse em ações como essa procure o Viveiro de Itapuã do Oeste e faça seu cadastro!

0

Agricultores familiares de Itapuã e Cujubim preparam-se para ser agentes de comunicação

foto_mat_com

Mais uma etapa do projeto Semeando Sustentabilidade foi concretizada esse mês. Entre os dias 23 e 27 de agosto aconteceu em Porto Velho/ RO o segundo módulo do curso de Comunicação, realizado pelo Centro de EStudos Rioterra, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental.

Os comunicadores sociais Alexandre Rotuno e Solano Ferreira ministraram as aulas que neste módulo tiveram ênfase à linguagem fotográfica, radiofonia eprodução de vídeos. O curso também contou com a presença apresentador de TV Marcelo Reis, que falou sobre a importância dos veículos de massa para a comunicação. Outro convidado foi o fotógrafo Fred Bastos, que mostrou as técnicas desta arte aos alunos.

Durante o curso foi realizada uma visita à Cachoeira de Teotônio, a 30km da capital, beleza natural do rio Madeira que será alagada devido a construção das hidrelétricas, para que os alunos pudessem colocar em prática o que aprenderam em sala de aula. Estes trabalhos estarão disponíveis no site em breve.

O objetivo do curso era treinar os representantes de instituições de Cujubim e de Itapuã do Oeste para que sejam agentes de comunicação do projeto Semeando Sustentabilidade em suas comunidades. Espera-se que haja maior interação e protagonismo dos envolvidos nos processos de democratização do acesso à informação e uso da ferramenta para controle social a partir do uso dos veículos disponilizados pelo projeto.

0