Emissão de gases de efeito estufa é tema de curso para técnicos em Rondônia

dsc_3866

Diante das crescentes discussões sobre aquecimento global e seus impactos para a Amazônia, o Centro de Estudos Rioterra realizou entre os dias 14 e 16 de agosto, em Porto Velho, o curso “Métodos para Quantificação de Dióxido de Carbono e Outros Gases de Efeito Estufa”.

A formação, ministrada pelo Prof. Dr. Carlos Sanquetta, referência nacional sobre o tema. O trabalho foi destinado a técnicos de diferentes áreas e instituições que atuam na questão como forma de contribuir para o processo de combate ao aquecimento global através de ações locais pela utilização de técnicas de mitigação de impactos em suas atividades.

Os participantes aprenderam métodos de inventariar emissões de diferentes gases oriundos de atividades antrópicas e realizaram aula prática na Floresta Nacional do Jamari e no Viveiro Municipal de Itapuã do Oeste para utilizar a técnicas aprendidas de quantificação de carbono em biomassa vegetal viva.

Participaram do curso profissionais do Centro de Estudos Rioterra, Universidade Federal de Rondônia/UNIR, Eletronorte, Funasa, Ministério do Desenvolvimento Agrário/MDA, Serviço Florestal Brasileiro/SFB, Instituto Técnico Federa de Rondônia/IFRO, Tribunal Regional do Trabalho/TRT-RO, Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade/ICMBio, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/INPA e empresas privadas.

Essa foi mais uma ação do projeto Semeando Sustentabilidade, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental. Novas atividades estão previstas ainda para esse ano.

0

Conselho cooperativo semeando sustentabilidade reúne-se em Itapuã do Oeste

foto_reuniao_conselho

Aconteceu na semana passada, em Itapuã do Oeste, na sede da prefeitura municipal, mais uma reunião do Conselho Cooperativo Semeando Sustentabilidade.

Este Conselho foi formado em março, por instituições governamentais federais, municipais, representações do terceiro setor e instituições privadas com o objetivo de discutir e orientar as macro-estratégias de atuação conjunta e cooperação entre estas instituições na busca por um modelo de desenvolvimento que alie sustentabilidade, equilíbrio social e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos dos municípios da região nordeste de Rondônia, situados na área conhecida como Arco do Desmatamento.

Durante a reunião, discutiram-se formas de atuação conjunta para estabelecer um planejamento integrado de atividades, uma vez que muitas delas convergem para os mesmos fins. Foram apresentados os avanços conseguidos no primeiro semestre de execução do projeto Semeando Sustentabilidade e estabeleceu-se um calendário interinstitucional de reuniões.

Compõem o Conselho as prefeituras de Itapuã do Oeste e Cujubim, o Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade/ICMBio, Serviço Florestal Brasileiro/SFB, o Ministério do Desenvolvimento Agrário/MDA, representado pela Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário/DFDA, a Universidade Federal de Rondônia/UNIR, o grupo Geoprocessmento.com, vinculado a Ulbra, a Petrobras e o Centro de Estudos Rioterra.

0